Data
Título
Take
26.6.16

TheNeonDemon_Nicolas_Elle-702x336.jpg

O realizador dinamarquês Nicolas Winding Refn expressou à Business Insider o desejo de realizar um filme de super-heróis.

 

Com Drive, Only God Forgives [ler crítica] e o recente The Neon Demon (que estreou esta semana nos EUA) no currículo, Refn declarou o seu interesse em não trazer ao grande ecrã um super-herói, mas sim uma super-heroína, especificando ainda que teria que ser uma que ainda não tivesse adaptação cinematográfica neste mesmo século.

 

Após a confrontação de qual seria a sua escolha, o realizador sugere primeiramente Wonder Woman (A Mulher Maravilha).  Mas visto que a personagem contará com um filme-a-solo no Verão de 2017, realizado por Patty Jenkins e protagonizado por Gal Gadot, Refn respondeu com outra heroína. "Sabem mesmo qual filme quero fazer? Quero fazer o da Batgirl. Deixemos a Warner tratar disto"

 

GalleryComics_1920x1080_20141217_BG-v5-Deadline_54

 

Com uma visão estilizada e um particular gosto pela violência gráfica é bem provável que Refn não seja o primeiro nome na lista da Warner Bros. (estúdio que detém os direitos de grande parte do legado da DC Comics) para dirigir um filme sobre esta personagem. Além disso, o estúdio já adiantou que tem planos para esta sidekick do Batman.

 

Tudo indica que Batgirl está programada a fazer a sua primeira aparição no futuro spin-off de Harley Quinn, um dos membros do Suicide Squad, filme que estreará entre nós em Agosto, o qual Margot Robbie desempenha o papel.

 

suicide-squad-margot-robbie-harley-quinn.png

 

Ler Críticas Relacionadas

Man of Steel (2013)

Batman V Superman: Dawn of Justice (2016)

 

Ver Também

Seth Grahame-Smith abandona realização de The Flash

Confirmado: Ben Affleck será realizador de Batman!

Batman é o convidado em novo trailer de Suicide Squad!

Suicide Squad tem novo trailer!

Nova imagem do filme-a-solo de Wonder Woman (A Mulher Maravilha)!

J.K. Simmons junta-se à Liga da Justiça!

Primeiro vislumbre do filme Wonder Woman!

Suicide Squad arrebenta com novo trailer!

Vejam o primeiro teaser poster de Suicide Squad!

Amber Heard em Aquaman?

Neil Patrick Harris assume interpretar The Riddler no cinema, mas por uma condição ...

Nicole Kidman em Wonder Woman (Mulher-Maravilha)!

Preparem-se! ... Primeiro trailer de Suicide Squad!

Ben Affleck irá protagonizar e dirigir novo filme de Batman!

James Wan, realizador de Velocidade Furiosa 7, assina Aquaman!

Primeira imagem do Esquadrão Suicida no filme Suicide Squad!

Oficial: Imagem de Jared Leto como Joker!

Joel Kinnaman em Suicide Squad (O Esquadrão Suicida)!

Primeira imagem de Jared Leto como Joker em Suicide Squad!

Confirmado: elenco de Suicide Squad!!

Filme da “Mulher Maravilha" com realizadora confirmada!

Jai Courtney poderá integrar elenco de Suicide Squad!

Escolhida a Harley Quinn para o filme do The Suicide Squad!

Jared Leto poderá ser Joker?

Prequela de Man of Steel poderá chegar ao pequeno ecrã?

The Flash chegará aos cinemas em 2018!

Dwayne "The Rock" Johnson é vilão da DC Comics!

Warner Bros. afasta-se de super-heróis cómicos!

Primeira imagem da Mulher Maravilha!

Dwayne "The Rock" Johnson na DC Comics?

Sebastian Stan desvaloriza confronto entre Marvel e DC Comics!

A Liga da Justiça a caminho ...

Habemos Wonder Woman!!

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 21:25
link do post | comentar | partilhar

25.6.16

peter_greenaway.jpg

O realizador britânico Peter Greenaway estará presente em Lisboa como um dos convidados da sexta edição da Lisbon Summer School, uma escola de verão sobre cultura visual da Universidade Católica. Trata-se de uma iniciativa para estudantes de doutoramento de ciências sociais, portugueses e estrangeiros, cujo programa é integrado por masterclasses, debates e até mesmo exibição de filmes ao longo da semana.

 

Peter Greenaway tem participado nos últimos anos em diversos encontros internacionais para debater sobre as novas linguagens visuais no Cinema, e de que maneira o cineasta tem apostado nessa vertente. O Cinematograficamente Falando … recorda que Greenaway foi responsável pelo sucesso de culto - The Cook, the Thief, His Wife & Her Lover - uma obra de 1989 protagonizado por Helen Mirren e Michael Gambon que remetia-nos à história de vingança da mulher de um mafioso ao seu parceiro, após este ter assassinato o amante dela.

 

004-the-cook-the-thief-his-wife-and-her-lover-ther

 

Outros filmes seus merecedores de destaque são Drowning by Numbers (1988), Prospero's Book (1991), The Pillow Book (1996), 8 ½ Women (1999), Nightwatching (2007) e Eisenstein in Guanajuato (2015), este último sobre um dos episódios da vida do cineasta russo Serguei Eisenstein, encerrou a passada edição do Queer - Festival de Cinema Lésbico e Gay de Lisboa.

 

Greenaway também integrou o programa Guimarães 2012: Capital Europeia da Cultura, onde dirigiu um dos segmentos do filme colectivo 3X3D [ler crítica], ao lado de Jean-Luc Godard e Edgar Pêra.

 

Para mais informações sobre o evento, ver aqui.

 

Eisenstein_in_Guanajuato_Still.jpg

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 21:15
link do post | comentar | partilhar

24.6.16

mechanic-spider-man.jpg

Jason Statham regressa à acção com o primeiro trailer de The Mechanic: Ressurection, a sequela de um êxito de 2011, protagonizado pelo próprio, que por sua vez é um remake de um filme de 1972 com Charles Bronson no principal papel.

 

Dirigido por Dennis Gansel, o realizador de Die Welle, The Mechanic: Ressurection remete-nos a Arthur Bishop (Statham), que retorna à sua especialidade de hitman pouco convencional, ou seja, executa cada assassinato como um acidente tratasse. Segundo a trama deste novo capítulo, o nosso protagonista terá que concretizar vários trabalhos afim de resgatar a sua namorada (Jessica Alba).

 

Tommy Lee Jones, Michelle Yeoh, Nathalie Burn e Sam Hazeldine (The Huntsman: The Winter’s War [ler crítica]) completam o elenco.

 

The Mechanic: Ressurection chegará aos cinema em Agosto.

 


Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 23:13
link do post | comentar | partilhar

23.6.16

inferno-trailer-hanks.jpg

Chega-nos um novo trailer de Inferno, a terceira adaptação de um bestseller de Dan Brown, que conta novamente com Tom Hank como protagonista e a direcção de Ron Howard (The Da Vinci Code, In the Heart of Sea).

 

Com um argumento da autoria de David Koepp e produzido por Brian GazerInferno remete-nos a Robert Langdon (Hanks), um conceituado simbologista, que acorda misteriosamente num hospital italiano sob o efeito de amnésia. Mesmo assim ele criará uma aliança com uma médica (Felicity Jones) para impedir que um maníaco lance uma temível praga, tendo como base o livro A Comédia Divina, a viagem formidável de Dante aos nove círculos do Inferno.

 

Ben Foster, Omar Sy, Irrfan Khan e Ana Ularu completam o elenco. Inferno tem estreia nacional prevista para 13 de Outubro.

 

Ver também

Primeiro teaser trailer de Inferno, de Dan Brown

Primeiras imagens de Inferno, com Tom Hanks!

Ben Foster poderá ser vilão de Inferno, de Dan Brown?

Felicity Jones poderá integrar elenco de Inferno, de Dan Brown!

Inferno de Dan Brown com rodagem preparada!

Inferno de Dan Brown vai chegar aos cinemas!

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 17:47
link do post | comentar | partilhar

22.6.16

7cc0ec22c0b3ee2204edf9f17431d655.jpg

Foi divulgado o primeiro trailer de Jack Reacher: Never Go Back, o thriller de acção protagonizado por Tom Cruise e Cobbie Smulders (The Avengers).

 

Baseado numa série de livros policiais da autoria de Lee Child, Jack Reacher narra as aventuras e desventuras do homónimo e reformado policia militar. Este novo filme será inspirado no livro "Never Go Back" (Nunca Voltes Atrás, editado em Portugal pela Bertrand Editora), onde o protagonista chega ao Quartel General da Polícia Militar dos EUA, após ter conhecimento que o seu antigo comandante havia sido detido. Edward Zwick (Blood Diamond, The Last Samurai) será o realizador.

 

Recordamos que o primeiro filme [ler crítica], dirigido por Christopher McQuarrie (apenas presente na sequela como produtor), arrecadou boas crítica e aceitação por parte do público, porém, os resultados de bilheteira ficaram um pouco aquém das expectativas. Jack Reacher apenas facturou cerca de 70 milhões de dólares nos EUA, sendo que o custo de produção ficou na casa dos 60 milhões, tendo valido o pequeno sucesso que fez no resto do Mundo, cujo total chegou aos 213 milhões de dólares. Rosamund Pike (Gone Girl) e o cineasta Werner Herzog estavam no presentes no elenco.

 

 

Ver Também

Jack Reacher 2 revela as suas primeiras imagens!

Revelada data de estreia da sequela de Jack Reacher!

Jack Reacher 2 vem aí!

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 18:53
link do post | comentar | partilhar

maxresdefault.jpg

Alexander Skarsgård e Michael Peña protagonizam o trailer desta comédia buddy cop, War on Everyone, que teve estreia mundial no último Festival de Berlim.

 

Dirigido e escrito por John Michael McDonagh (Ned Kelly, O Guarda e Calvary), War on Everyone segue o enredo de dois policias corruptos que "ganham a vida" a chantagear criminosos. Porém, a situação da dupla torna-se negra quando decidem chantagear alguém inapropriado.

 

Theo James (Divergent), Tessa Thompson (Creed), Caleb Landry Jones (Heavens Know What) e Paul Reiser completam o elenco. War on Everyone estreia em Setembro no Reino Unido.

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 17:49
link do post | comentar | partilhar

transferir.jpg

Passemos então para a desforra!

 

Foi um dos maiores êxitos dos anos 90 e uma sequela disto já soava uma miragem, mas é então que surge entre nós aquele que poderá ser o grande regresso de Roland Emmerich aos blockbusters de Verão, isto depois de ter falhado com abordagens mais pessoais em Stonewall e Anonymous, e no ataque à Casa Branca com Channing Tatum [ler crítica] (o público preferiu o horrendo Olympus has Fallen). Estamos obviamente a falar de Independence Day (O Dia da Independência), título inesperadamente patriótico para a obra de um realizador alemão, mas como os yankees tem por hábito pronunciar - “cheesy” - o suficiente para entreter nas horas vagas. 

 

id4-gallery2-0.jpg

 

Contudo, o trabalho do crítico não é o de aconselhar quais filmes a ver ou a não ver, nem sequer avaliá-los consoante o grau de entretenimento, nesse sentido a palavra divertido é relativo, mas sim lançar o debate e idealizar o filme em questão. Sob esse signo poderemos dizer que o segundo Dia da Independência é uma “trapalhice” pegada, que mesmo assim conserva o de lúdico e ingénuo tem este tipo de blockbusters (longe dos tempos da seriedade hoje envolvida na produções “kind of likeChristopher Nolan). Agora insinuar que é um bom filme desde que se “desligue o cérebro”, é nada mais que uma desculpa esfarrapada de quase querer “vender a mãe”, mas isso são outras guerras, passemos então à guerra transposta pelo filme.

 

id4-gallery4.jpg

Como sabem, 20 anos se passaram desde a destruidora “visita” dos alienígena na Terra (sim, a sequência da Casa Branca reduzida a cinzas pode muito bem considerado um déjà vu), sendo que o Mundo é agora um espaço simbiótico, onde todos os povos dos quatros cantos do Globo vivem numa total utopia harmónica (ora quanta inocência!). A tecnologia deu um valente “pulo”, como tal, foram concebido postos-de-vigia intergalácticos (vá os extraterrestres “visitar” novamente o planeta), armas laser (inspiradas no armamento alienígena) e Jeff Goldblum novamente como o cientista que ninguém quer acreditar mas que deveriam apesar de tudo. 

 

&NCS_modified=20160208115140&MaxW=640&imageVersion

 

E pronto, dá-se o segundo round desta invasão que já persegue o Cinema quando este dava os primeiros passos, as criaturas “from outter space” chegam à Terra com promessas de destruição elevado a dez e Roland Emmerich ostenta novamente os seus apetites apocalípticos, e para sermos sinceros, não existe pessoa indicada para destruir a Terra que ele. Contudo, todo este espectáculo é deveras corriqueiro, previsível e extremamente anoréctico no que requer a construir personagens, conflitos e relações, aliás o primeiro ponto é dividido entre “retornados” e estereótipos, nada mais que isso. É tudo um jogo de referências, réplicas e “brincadeiras” de CGI sob uma conduta implacável de apresentar muito em tão pouco.  

 

browse-over-50-independence-day-resurgence-movie-s

 

Mas o pior é mesmo a saturação dos efeitos visuais, neste momento a destruição tecnológica apresentada em Independence Day: Resurgence leva-nos a temer o pior – como espectador, este tipo de truques são cada vez mais difíceis de surpreender – um mau sinal tendo em conta que as primeiras imagem de uma nave alienígena a reduzir a Casa Branca a “cacos” em 1996 causou uma tamanha euforia no publico. A culpa, talvez, não seja da produção de Emmerich, mas do facilitismo e a preguiça em reduzir-se todo a meras imagens CGI que as produções deste género tem cedido. Agora como anexo a este problema exaustivo, basta verificar a quantidade de produções que apresentar imagens de destruição de qualquer tipo de cenário (não andará uma pessoa farta!). 

 

independence-day-resurgence-jeff-goldblum-bill-pul

 

Eis o enésimo atentado à Terra por Emmerich, que apenas ganha com a sua valente ironia auto-referencial (por pouco não destruiu novamente a tão famosa habitação presidencial), e o facto de ser um blockbuster que tem a perfeita noção daquilo que é, e não mais um “bigger than life” que a Marvel e companhia parece submeter-mos. Para terminar fica a frase do ano, proclamada pelo nosso velho Goldblum, que refere aos ditos E.Ts: “Eles adoram monumentos”.

 

Real.: Roland Emmerich / Int.: Liam Hemsworth, Jeff Goldblum, Bill Pullman, Charlotte Gainsbourgh, William Fichtner, Maika Monroe, Sela Ward, Jessie T. Usher, Vivica A. Fox

 

bg.jpg

 

4/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 16:08
link do post | comentar | partilhar

21.6.16

the-number-23.jpg

Jim Carrey será o protagonista e produtor do próximo projecto de Eli Roth, a adaptação da BD - Aleister Arcane.

 

O homem por detrás de Hostel, Cabin Fever e do recente Knock Knock [ler crítica], irá realizar a história do homónimo apresentador de um programa televisivo que é acusado, julgado e condenado pelo incidente envolvendo uma criança. Depois da sua morte, o seu espírito começa a assombrar a cidade e só um grupo de crianças o poderá deter. 

 

A Dreamworks detém os direitos da adaptação e Jon Crocker (Woman in Black 2) é o autor do argumento.

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.

tags:

publicado por Hugo Gomes às 22:35
link do post | comentar | partilhar

16612_BirthofaNation_still2_NateParker_TonyEspinos

The Birth of a Nation, o grande vencedor do último Festival de Sundance e um possível candidato a Óscar de Melhor Filme, segundo o buzz que tem gerado, revelou um novo trailer.

 

Repescando o título da famosa obra de D.W. Griffith, para muitos o filme mais racista da História do Cinema, The Birth of Nation segue Nat Turner, um negro capaz de liderar a maior revolução esclavagistas dos EUA.

 

Dirigido e protagonizado por Nate Parker, The Birth of a Nation tem estreia prevista para Outubro nos EUA. Em Portugal, possivelmente, deverá chegar no final deste ano ou início de 2017 com influência da temporada de prémios.

 

 

Ver Também

Trailer: The Birth of a Nation, o outro "Nascimento de uma Nação"!

Sundance: The Birth of Nation o novo vencedor que uniu Júri e Público!

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 18:56
link do post | comentar | partilhar

19618517_yusQO.png

Chegou o primeiro trailer de American Honey [ler crítica], o primeiro filme da cineasta Andrea Arnold (Fish Tank) produzido nos EUA, que esteve em competição no último Festival de Cannes, tendo sido distinguida com o Prémio de Júri.

 

Contando com um argumento escrito pela própria realizadora, American Honey centra numa jovem que vende assinaturas de revistas e que se envolve numa road trip por entre "mundos" ilegais de festas e amores adolescentes.   

 

Com Shia LaBeouf, a estreante Sasha LaneMcCaul Lombardi, Arielle Holmes, a estrela de Heaven Knows What dos irmãos Safdie, e Riley Keough compõem o elenco. Ainda sem data de estreia nem distribuidora em Portugal.

 

 

Ver Também

Primeira imagem de American Honey, o novo filme de Andrea Arnold!

Arielle Holmes em novo filme de Andrea Arnold!

Shia LaBeouf protagoniza novo filme da realizadora de Fish Tank!

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 17:54
link do post | comentar | partilhar

death-wish-DI.jpg

Eli Roth é o novo nome a surgir para o lugar da realização do remake de Death Wish (O Justiceiro da Noite), um filme de 1974 inspirado no livro de Brian Garfield. Conhecido pelos seus trabalhos no género do terror como Hostel, Cabin Fever e mais recentemente Knock Knock [ler crítica], poderá dirigir esta nova versão com Bruce Willis a assumir o anterior papel de Charles Bronson.

 

O filme original remetia-nos a um arquitecto de Nova Iorque, pacífico e opositor de guerra, que muda a sua forma de ser quando três marginais invadem a sua casa, matam a sua esposa e violam a filha. Cansado pela inoperância policial, ele converte-se num vigilante e inicia várias incursões à noite pelas ruas da cidade para eliminar os bandidos que ameaçam a ordem.

 

Vale a pena recordar que esta refilmagem encontra-se a ser preparada à anos pela MGM e Paramount Pictures, o realizador Joe Carnahan (The Grey), a dupla israelita Aharon Keshales e Navot Papushado (Big Bad Wolves [ler crítica]) e o mexicano Gerard Naranjo (Miss Bala) já tiveram anexados ao projecto.

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.

 


publicado por Hugo Gomes às 00:15
link do post | comentar | partilhar

20.6.16

tangerine_1.jpg

FEST - Festival Novos Realizadores e Novo Cinema regressa hoje à cidade de Espinho com uma programação no mínimo ambiciosa. São mais de 170 filmes a integrar a selecção e 17 oradores de luxo a preencher o já prestigiado espaço Training Ground.

 

Neste último estarão presentes o lendário cineasta húngaro Béla Tar (conhecido em Portugal pela sua derradeira obra, The Turin Horse), o realizador Peter Travis, um dos mais estilísticos do actual cinema de acção, o director de fotografia Remi Adefarasin (Elizabeth foi o seu trabalho mais célebre) e o produtor Garreth Willey, habitual colaborador de Woody Allen

 

bela-tarr.jpg

 

O festival que tem como intuito celebrar as primeiras e segundas obras, uma mostra onde futuros cineastas serão provavelmente desvendados, abrirá com a estreia nacional de Tangerine, um dos filmes-sensação de 2015. Esta obra independente de Sean Baker que foi filmado inteiramente com 3 Iphones, conta-nos a história de duas transexuais "da vida" que embarcam num "passeio" natalício nas ruas de Tinseltown, o famoso e notório bairro da cidade de Los Angeles, em busca de vingança. Esta comédia invulgar arrecadou o prémio para Melhor Actriz Secundária para Mya Taylor, nos Independent Spirit Awards.

 

Em paralelo, existe também o Pitching Forum, um programa de pitch de documentários, séries, curtas e longas-metragens, onde os participantes serão ouvidos por um painel de experts, com o objectivo de produzirem e financiarem os sugeridos projectos.

 

the-fits.jpg

 

Destacamos ainda a estreia da secção FESTinha, direccionado ao público mais jovens – desde os 3 aos 16 anos –, conversas cinematográficas, o FESTival Village, masterclasses e festas temáticas.

 

A 12ª edição do FEST prolongará até dia 27 de Junho no Centro Multimeios de Espinho. Para mais informação sobre a programação, ver aqui.

 

9ad82780fef6c95d2a6a642bae833d48_original.jpg

 

Ver Também

Béla Tarr estará presente no FEST!

 


Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 19:10
link do post | comentar | partilhar

12814633_10153990535378633_2843914322923128753_n.j

Foi divulgado um novo trailer do próximo filme de Tim Burton, o eventual regresso ao seu estilo "grotesco" e deveras "pitoresco"

 

Miss Peregrine's Home for Peculiar Children (A Casa da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares) é esse filme, uma obra que carinhosamente tem adquirido o apelido de "X-Men de Burton" e que conta com a actriz Eva Green (Dark Shadows, 300: Rise of an Empire) no principal papel. Ela é a Peregrine do título, a inquilina de uma casa habitada por crianças dotadas, possuidoras de características bem peculiares. Adaptado de um livro de Ransom Riggs, Miss Peregrine's Home for Peculiar Children promete tornar-se num futuro franchise cinematográfico.

 

Samuel L. Jackson, Judi Dench, Asa Butterfield, Allison Janey, Rupert Everett, Terence Stamp, Chris O'Dowd e Ella Purnell completam o elenco. Estreia nacional para 29 de Setembro deste ano.

 

 

Ver Também

Primeiro trailer do novo filme de Tim Burton

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 17:25
link do post | comentar | partilhar

19.6.16

Anton-Yelchin-em-cena-de-Star-Trek.jpg

Morreu o jovem actor Anton Yelchin, conhecido pelos seus papeis em Star Trek e The Beaver, faleceu em consequência de um acidente de viação na madrugada de domingo, dia 19 de Junho. Tinha 27 anos.

 

Nascido na Rússia, Leningrado (actualmente denominado de São Petersburgo), em 11 de Março de 1987, Yelchin é oriundo de uma família que tem o desporto como uma das razões de vida. Os seus pais eram os bem-sucedidos skaters russos, Irina Korina e Viktor Yelchin, e o seu avô, um profissional jogador de futebol. Mas apesar das influências desportivas, Anton decidiu envergar pela sua paixão artística, seguir a representação. Estreou na área na série televisiva norte-americana ER - Serviço de Urgência em 2000, nesse mesmo ano também integrou nos elencos do telefilme da Disney, Gepetto, e a longa-metragem A Man is Mostly Water, de Fred Parnes.

 

19711956.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx.

 

Um ano depois, tornou-se o protagonista de Delivering Milo, onde contracenou com Bridget Fonda e Albert Finney, e ganhou notoriedade com desempenhos mais relevantes em Along Came the Spider e em Heart of Atlantis. Mas foi com Alpha Dog que a sua carreira ascendeu, a partir daí actuou em imensas produções, quer independentes, quer blockbusters, conseguindo ser uma das caras mais reconhecidas pelo público em geral. Assim soma-se o reboot de Star Trek e a dita sequela (Into Darkness), Terminator: Salvation, Charlie Bartlett: Psicanálise Para Todos, The Beaver, Like Crazy e o remake Fright Nights.

 

Os seus últimos trabalhos foram Burying the Ex, 5 to 7, Broken Horses e Green Room. O terceiro Star Trek (Beyond), o qual também integra no elenco, só chegará aos cinemas em Agosto.

 

Relembramos que o actor esteve presente na cidade do Porto em Fevereiro de 2015 nas rodagens de, ainda inédito, Porto, Mon Amour, um filme de Gabe Klinger com produção de Rodrigo Areias e Jim Jarmusch.

 

Anton Yelchin (1989 - 2016)

 


publicado por Hugo Gomes às 19:24
link do post | comentar | partilhar

machete-kills-featurette-if-looks-could-kill-hd.jp

A cantora pop Lady Gaga poderá protagonizar a nova versão de Nasceu uma Estrela (A Star is Born), o terceiro remake do clássico de 1937 que contará com realização e co-protagonismo do actor Bradley Cooper.

 

O filme centrará na história de um actor praticamente consumido pelo álcool que mesmo assim tenta transformar uma jovem aspirante a actriz numa verdadeira estrela. A primeira versão contava com os desempenhos de Janet Gaynor e Fredric March, enquanto que na segunda refilmagem, datado de 1954, a célebre Judy Garland era a protagonista.

 

Depois seguiu-se a versão de 1976, onde a temática cinematográfica é substituída pela música, sendo que neste remake o protagonista (Kris Kristofferson) é uma estrela de rock. Barbra Streisand está no elenco.

 

Vale a pena relembrar que Clint Eastwood e Beyoncé estiveram ligados a este projecto, o primeiro mantêm-se como produtor e a segunda afastou-se devido à sua gravidez.

 

A Star is Born está agendado para o ano 2017.

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.

tags:

publicado por Hugo Gomes às 18:46
link do post | comentar | partilhar

18.6.16

frost-nixon-frank-langella.jpg

 "I'm saying that when the President does it, that means it's *not* illegal!"

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 23:09
link do post | comentar | partilhar

Procura de Dory, À.jpg

"Filho de peixe sabe nadar!"

 

Atenção à navegação, Inside Out (Divertida-Mente) foi só faísca, a originalidade já não mora na Pixar e a prova está nesta sequela / spin-off de um dos maiores êxitos do estúdio. Muitos são aqueles que emocionaram com Nemo, o pequeno peixe-palhaço que perdeu-se do seu progenitor e cujo reencontro tornou-se no leitmotiv de uma demanda pelo fundo marinho, mas mais foram os que realmente “derreteram” com Dory, o cirurgião azul com problemas de memória que funcionou numa das mais divertidas personagens secundárias do reino da animação.

 

3075834-5541699575-findi.jpg

 

Acompanhado pela voz da mundialmente conhecida apresentadora Ellen DeGeneres, Dory tornou-se numa trademark a não perder de vista, que facilmente poderia ser rentabilizado numa nova aventura animada com um leve sabor estival. Em Finding Dory (À Procura de Dory) seguimos a mesma fórmula de Finding Nemo (À Procura de Nemo), ou seja, um inicio que nos leva ao passado trágico da personagem e uma procura pelos entes queridos que resulta em mais uma interminável viagem pelos cantos e recantos do Oceano.

 

Finding-Dory-releases-TV-spot-trailer-Shes-almost-

 

Mas como não poderia faltar, visto que a fórmula tem que ser repetida, o Homem está presente como uma manifestação antagónica, uma mensagem ecológica com evidentes inspirações do polémico documentário de 2013 - Black Fish (de Gabriela Cowperthwaite) - o qual adverte ao espectador o perigo do cativeiro para algumas espécies marinhas e a hipocrisia das ditas instituições marinhas (com alusão à Sea World) que proclamam reabilitar os seus provisórios “habitantes”.

 

maxresdefault (4).jpg

 

Claro que toda esta temática é uma "faca de dois gumes" que nunca é, de maneira alguma, debatida numa animação provida de claros fins morais. Novamente a família como o vector de toda a demanda e a ingenuidade de uma educação ecológica de igual adjectivo. Obviamente que todo este teor é servido por um grafismo de “arrasar”, nunca a água teve de forma tão realista representada numa animação CGI, e um humor ligeiro anexado a algumas personagens construídas de forma inteligente. E sim, como não poderia faltar de enumerar, a aparição do primeiro casal homossexual numa produção animada da Disney, nem que seja por instantes, o que não deixa de ser uma pequena proeza.

 

Finding-Dory1_640x345_acf_cropped.jpg

 

Porém, não deixa ser desconcertante um filme, mesmo tendo como objectivo o público mais infantil e as famílias, apostar numa credibilidade, quer visual, quer comportamental, quer no argumento e no fim possuir uma ou outra “gaffe” que nos faz pensar se os envolvidos pesquisaram alguma “coisa” sobre a condição de um peixe. Por fim, fica o conselho, não deixe as vossas crianças sozinhas perto de um aquário depois de assistirem a este filme, porventura poderão fazer o que acharem mais “correcto”.

 

Real.: Andrew Stanton, Angus MacLane / Int.: Ellen DeGeneres, Albert Brooks, Ed O'Neil, Idris Elba, Kaitlin Olson, Eugene Levy, Diane Keaton, Ty Burrell, Dominic Cooper, Bill Hader

 

gallery_findingdory_7_c7217635.jpeg

 

6/10
tags: ,

publicado por Hugo Gomes às 21:11
link do post | comentar | partilhar

16.6.16

jackreacher2filmetom-cruise-1024 (2).jpg

O programa Entertainment Tonight divulgou as primeiras imagens de Jack Reacher: Never Go Back, o thriller de acção protagonizado por Tom Cruise e Cobbie Smulders (The Avengers).

 

Baseado numa série de livros policiais da autoria de Lee Child, Jack Reacher narra as aventuras e desventuras do homónimo e reformado policia militar. Este novo filme será inspirado no livro "Never Go Back" (Nunca Voltes Atrás, editado em Portugal pela Bertrand Editora), onde o protagonista chega ao Quartel General da Polícia Militar dos EUA, após ter conhecimento que o seu antigo comandante havia sido detido. Edward Zwick (Blood Diamond, The Last Samurai) será o realizador.

 

Recordamos que o primeiro filme [ler crítica], dirigido por Christopher McQuarrie (apenas presente na sequela como produtor), arrecadou boas crítica e aceitação por parte do público, porém, os resultados de bilheteira ficaram um pouco aquém das expectativas. Jack Reacher apenas facturou cerca de 70 milhões de dólares nos EUA, sendo que o custo de produção ficou na casa dos 60 milhões, tendo valido o pequeno sucesso que fez no resto do Mundo, cujo total chegou aos 213 milhões de dólares. Rosamund Pike (Gone Girl) e o cineasta Werner Herzog estavam no presentes no elenco.

 

Ver Também

Revelada data de estreia da sequela de Jack Reacher!

Jack Reacher 2 vem aí!

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.


publicado por Hugo Gomes às 10:33
link do post | comentar | partilhar

1228536_I_Daniel_Blake.jpg

O estúdio Entertainment One divulgou o primeiro trailer de I, Daniel Blake [ler crítica], o mais recente filme de Ken Loach, vencedor da Palma de Ouro no último Festival de Cannes.

 

O actor Dave Johns interpreta Daniel Blake, um homem de meia-idade desempregado numa Inglaterra cada vez mais austera. Tentando sobreviver neste meio, Blake terá como principal obstáculo a burocracia da Segurança Social.

 

Ao receber o tão cobiçado prémio de Cannes, Ken Loach discursou uma crítica ao neoliberalismo que tem deixando "milhões de pessoas na miséria" e ainda salientou de receber uma galardão tão glamouroso por um filme que retrata o desespero alheio inspirado em vidas reais.

 

I, Daniel Blake estreia no Reino Unido em Outubro, por cá será distribuído pela Midas.

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.

 


publicado por Hugo Gomes às 09:36
link do post | comentar | partilhar

approved photo Bikini (1) copy.jpg

Eis o primeiro vislumbre de Bikini, o próximo filme do realizador macedónio radicado em Nova Iorque, Milcho Manchevski (Before it Rain).

 

Na imagem podemos visualizar Condola Rashad, a actriz vista recentemente em Money Monster [ler crítica] e na série televisiva Billions (ao lado de Paul Giamatti e Damian Lewis). Ela será Bikini, uma mulher problemática que é acolhida por um documentarista e a sua respectiva esposa, e que tal acto alterará para sempre o destino destas personagens.

 

Will Janowitz (Bristol Boys), Sarah Goldberg (The Dark Knight Rises) e Sathya Sridharan completam o elenco. Bikini chegará aos cinemas em 2017.

 

Recordamos que o último trabalho de Milcho Manchevski foi a Tuesday em 2013, um curta que serviu de segmento para antologia Venice 70: Future Reloaded, que reuniu diversos cineastas como Sion Sono, Abbas Kiarostami, Jia Zhangke, James Franco, Yorgos Lanthimos e João Pedro Rodrigues. Para além do muito elogiado Before It Rain, descrito como o melhor filme sobre a guerra bósnia (vencedor do Leão de Ouro da edição de 1994 do Festival de Veneza), o western pouco convencional Dust (2001), Shadows (2007) e Mothers (2010) são outros trabalhos importantes na carreira de tão reservado realizador.

 

 

Acompanha-nos no Facebook, aqui, e no Twitter, aqui.

 


publicado por Hugo Gomes às 00:48
link do post | comentar | partilhar


sobre mim
pesquisar
 
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


recentemente

Nicolas Winding Refn quer...

Peter Greenaway estará em...

Jason Statham é novamente...

Robert Langdon de regress...

Eis o primeiro trailer de...

Vejam o primeiro trailer ...

Independence Day: Resurge...

Jim Carrey como protagoni...

The Birth of a Nation, um...

Primeiro trailer de Ameri...

últ. comentários
Os Profissionais da Crise: 5*Não sei se o Hugo já ...
A Lancheira: 5*Eu amei este filme. :) Este filme é...
Knock Knock - Tentações Perigosas: 2*"Knock Knock ...
Estes são dois dos filme que anseio ver! O primeir...
Takes
10/10 - Magnífico
9/10 - Imprescindível
8/10 - Bom
7/10 - Interessante
6/10 - Razoável
5/10 - Medíocre
4/10 - Muito Fraco
3/10 - Mau
2/10 - Péssimo
1/10 - De Fugir
0/10 - Nulidade
stats counter
HTML Hit Counter
counter
links
mais comentados
25 comentários
20 comentários
13 comentários
12511335_1084470088250815_732384524_o
subscrever feeds
blogs SAPO